A boca do meu bem

A boca do meu bem

Hoje é dia de festa, não sei se quero ir.
Ficar vai ser tão ruim, quero beijar na boca,
E ver velhos amigos, e açudar a solidão...
Hoje à noite tem festa de aniversário, mas estou tão deprimido,
Tem perfume no ar, cheiro de melancia.
Estou realmente preocupado:
Só porque o mundo se move em torno do dinheiro,
Eu não tenho pecúnia e minha família precisa de mim,
Eu preciso de quem?? Quem vem me socorrer??
Hoje tem festa de aniversário e eu não vou levar presente,
Não ensaiei, não fui ao ensaio e agora preciso ensaiar uma desculpa,
Por não levar presente.
São meus parentes e estou me sentindo só,
Como um estranho no ninho, não sei se quero ir!!
Ouvi um disco triste, o cantor morreu de só,
E eu tenho de me resolver, se sobrar alguma coisa de mim,
Vou pegar uma taça, encher até a borda e beber;
Depois vou beijar a boca do meu bem,
não vou levar presente, mas vou, não vou ficar belo,
mas vou me sentir limpo... hoje tem festa.
Por: Paulo Siuves

Postagens mais visitadas deste blog

Denúncias

O período da gravidez é um período mágico

Essa Noite Eu Tomei Você Pra Mim