E se?! (O grito)


E se?! (O grito)

E se ninguém mais quiser ter filhos?
Se um dia descobrirmos que 
não existem mais crianças, 
como se tivessem cassado as parturientes 
para não mais ouvirem o choro dos bebês? 
Para ninguém mais se sentir envelhecido 
ao ser chamado de vovô e vovó?

E se ninguém mais quiser votar nas próximas eleições? 
 Descrentes nos políticos e em seus 
meios inexoráveis de fazer política. 
Se os estudantes não se candidatarem
 à ocupação de cargos públicos
 com fobias ao poder que corrompe, corrói, mata, dói???

E se ninguém mais quiser acreditar quando alguém, 
olhando nos olhos, com as mãos trêmulas e úmidas, 
sentindo a garganta seca, apertada, 
como se houvesse se dado um nó, 
usando de toda sinceridade disponível
 para abrir a boca para dizer o que todo mundo deseja ouvir
 de outro alguém com quem se tem sonhado acordado, 
apenas EU TE AMO???

E se ninguém mais quiser gritar 
e expor o coração apenas por
 algo mais nobre que o sentimento, 
subir na montanha e ouvir o grito ecoar 
um legítimo e expressivo: 
”-EU AMO VOCÊ?!?”


Por: Paulo Siuves

Postagens mais visitadas deste blog

Denúncias

O período da gravidez é um período mágico

Essa Noite Eu Tomei Você Pra Mim