Inocência

Inocência

Se eu fosse uma criança, falaria candidamente tudo o que tenho em meu coração; sentimentos, aflições, desamor, desilusão. Contaria a você o meu maior segredo sem pensar se o guardarias ou delatarias a outrem!

Bastaria ser uma criança e eu poderia me deitar em teu colo, não seria repreendido ao beijar a  tua boca, pois seria “inocente” sem segundas intenções. Minhas mãos em tuas pernas não seriam percebidas, pois nas mãos de uma criança, que maldade pode haver?

Sonho, como uma criança, em correr para os seus braços, encontrar neles abrigo pro meu coração que já está cansado de viver na ilusão de encontrar um amor tão inocente assim, inocência de criança.




Por Paulo Siuves

Postagens mais visitadas deste blog

Denúncias

O período da gravidez é um período mágico

Essa Noite Eu Tomei Você Pra Mim