Tu és a minha parte louca de viver! (I e II)







Dueto escrito pelos poetas 

Sol Figueiredo e Paulo Siuves

TU ÉS A MINHA PARTE LOUCA DE VIVER! 

(I e II) 


(parte I) 

Tu és a minha parte louca de viver.
Contigo viajo pra galáxia e além...
Nunca senti algo assim com ninguém!
Eu quero só em teus braços me perder...

Tu és da loucura, o meu amanhecer...
Vivi à tua procura, por esse alguém...
Eu quero te sentir, nesse vai e vem...
Brincar de ser feliz, te conhecer...

E nunca mais sofrer, vivendo em ti.
Seguindo os teus passos, o teu viver.
Sou tua, somente tua, até eu morrer!

Eu canto essa canção só para ti.
Tu és essa vontade de me perder...
Ó louca vida, és o meu renascer!

Por Sol Figueiredo 


(parte II)

Tu és o meu esconderijo secreto.
És o meu porto, meu lugar feliz...
Quebra o silêncio, vem logo e me diz:
Eu te amo, e pra sempre, assim eu decreto. 

Tu és minha luz, meu farol, rumo certo, 
Onde repouso minh’alma e me torno petiz. 
Já amei tanto, sou todo cicatriz, 
Isso porque não tive você por perto. 

Nunca mais vou sofrer. Nunca mais infeliz 
Seguindo os teus passos até no deserto 
Sou teu homem, somente teu, estou certo. 

Tu és essa vontade de esquecer tudo o que fiz 
Entregar-me em teus braços de peito aberto 
Pois, nesse vai e vem é que me sinto liberto! 

Por Paulo Siuves





Postagens mais visitadas deste blog

Denúncias

O período da gravidez é um período mágico

Essa Noite Eu Tomei Você Pra Mim