Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2013

Foi bom sim

Imagem
Foi bom simFoi bom te ouvir pela primeira vez, como foi bom te conhecer. Foi bom te ver e ver que você foi sincera. Foi bom falar sobre segredos tão bem guardados. Foi bom guardar segredos que nunca poderão ser falados. Foi bom sim dizer que te amei dizer que te quis como nunca quis ter outra mulher na minha vida!
(nunca tive esse prazer)
Foi bom te ligar e ligar para as coisas importantes pra você. Foi bom sonhar; Foi mentir; foi bom falar; foi bom ouvir; foi bom ser seu amigo; foi bom chegar até você... Foi melhor te deixar ir!
Por Paulo Siuves

Seres Superiores

Imagem
Seres Superiores Somos todos iguais quando amamos a quem nos ama, perdoamos a quem não nos ofendeu, abraçamos a quem nos presenteia, aplaudimos a quem nos faz bem. Somos todos iguais quando sorrimos com quem já está alegre; Criticamos com quem está criticando; Conversamos com quem não está triste; Somos todos iguais quando as circunstâncias nos são favoráveis para agirmos da forma que facilmente nos convém.
Porém somos superiores quando oferecemos Ajuda ao desempregado; Abrigo ao destelhado; Abraço ao rejeitado; Perdão ao condenado; Amor ao incompreendido;
Somos superiores quando conseguimos agir como filhos de um só Deus. Um Deus que perdoa, que protege... Somos superiores quando, diante de Deus, nos vemos todos iguais. ________________________________________________________________________ Por Paulo Siuves

PONTO

Ponto      Mandei matar o meu ego, e flagelá-lo numa esquina onde a vida pudesse ver que eu te amo e por você eu faço tudo, qualquer coisa. Perco a razão me meto em confusão, deixo-me em desventura se preciso for. Nas madrugadas frias de inverno ou nas tardes escaldantes do alto verão eu estou nas ruas à sua caça e não me deixo vencer sem antes te encontrar. Aí me desmancho em lágrimas, lagrimas de alegria, de dor, de prazer, de arrependimento, seja o que for, gosto tanto de te amar, mas esse amor me desmoraliza, me despreza, me desdém...      Amor meu, não me tenha por louca pessoa, não me tenha em mau juízo, faço tudo isto porque te amo, não como provas de amor, mas porque eu não consigo viver longe deste corpo quente e não posso mais viver sem teus beijos de paixão de delírios e devaneios infindáveis. Nada neste mundo pode me convencer que não fomos talhados um para o outro e que Deus nos fez encontrar para completar a magnitude de seres-humano, foi Ele, e se não foi??

     Juntos …

Prêmio Luso-Brasileiro Melhores Poetas de 2012/2013

Imagem
O Guarda Municipal José Paulo Siuves foi contemplado com uma Anotação Positiva na Ficha Individual de Registro. O servidor recebeu o Prêmio Luso-Brasileiro – Melhores Poetas de 2012/2013 “Edição Brasil”. O prêmio é concedido aos melhores poetas da Língua Portuguesa que tiveram seus trabalhos publicados no ano de 2012.

Prêmio Luso-Brasileiro  Melhores Poetas de 2012/2013 

     O Guarda Municipal José Paulo Siuves - BM 80.681-5recebeu, no dia 30 de março do corrente ano, o Prêmio Luso-Brasileiro – Melhores Poetas de 2012/2013 “Edição Brasil”. O servidor teve o seu poema “SONETO DA LAMENTAÇÃO”, selecionado pela LITERARTE - Associação Internacional de escritores e artistas, classificando-se entre os 80 melhores poetas da língua portuguesa que publicaram seus trabalhos em 2012.

Parabéns!
SECRETARIA MUNICIPAL DE SEGURANÇA URBANA E PATRIMONIAL  GUARDA MUNICIPAL DE BELO HORIZONTE 

Nem Sempre

Imagem

A HORA “D”, ANSIEDADE e BOBO

Imagem
Para Delaine Ester Meuamor de Freitas Siuves:


A hora “D” Se pessoas fossem coisas, você seria a melhor coisa do mundo. Uma coisa tipo patrimônio, uma tela para ser observada... uma dessas maravilhas do mundo, inigualável, impar, singular. Se pessoas fossem tempos, queria que o meu relógio parasse na hora “D”, quando estou com você para ter todo tempo do mundo pra te dizer que te amo! Mas pessoas são pessoas, e você não é uma mera pessoa. Há coisas em você que me deixam assim, meio bobo, sem encontrar o tempo certo para falar certas coisas que não gastam tanto tempo para serem ditas; por exemplo: - EU TE AMO!! Por Paulo Siuves _______________________________________________________________




Ansiedade Eis-me aqui a esperar-te, Sedento, como um caniço longe do vertedouro. Sedento, louco por afagos suaves, Nem as brisas suaves dos montes de Curral Del-Rey me fazem tão bem. Sei que não demoras. Espero, e espero, apaixonado enquanto sonho volúpias.
Por Paulo Siuves ____________________________…

Angustia

Imagem
Angústia

Eu não sei quem você é Não sou eu o que você quer E não tenho pra onde ir Se comigo você não estiver
Não vou ouvir os seus discos Não vou ler suas cartas Não vou influenciar as suas decisões Essas portas não são tão largas
Seus sonhos meus ideais Seus dias, minha alegria. Meu choro, seu objetivo.
Sem mim suas noites são mais legais Meus frêmitos, sua angústia; Meu orgasmo sem motivo.
Por Paulo Siuves

O Amor e o Vento

O Amor e o Vento

Na tua infinita e triste ausência aprendi amar o vento, o mesmo vento que tocava teus lábios, pois era aquele mesmo que beijava a minha boca quando chamava pelo teu nome.
O mesmo vento que acariciava teu corpo,
Pois era aquele que me abraçava quando havia necessidade do teu colo.
Um dia no auge do meu desespero tentei aprisionar esse vento, mas entendi que isso não seria possível como nunca foi possível o nosso amor.
Na tua infinita e triste ausência
Esse vento um dia passou e levou consigo todo meu amor, tristeza e desilusão, mas se esqueceu de levar também teu nome.
Talvez porque era escondido no profundo do meu pobre coração.

Resgate

Pediram-me um curriculum vitae, escrevi que sou escritor com propensão a poeta. Sorridentes e curiosos, perguntaram de que sobrevivo... 

     - Não sobrevivo, até quem nunca morreu está morrendo! 

     levantei-me, puxei meu terno da cadeira ao lado, sorri de volta para resgatar minha poesia e fui-me embora!

Por Paulo Siuves

Janela Aberta!

Imagem
Janela Aberta!
Todos instantes estou a contemplar,  Procurando por ti lá na janela,
Só vejo teus amores pela tela,
Enquanto a dor aqui fica a me clamar!

Passam-se os dias cada vez mais longos,
Ficar longe de ti, parece-me sem fim,
Oh, como queria tê-lo perto de mim,
Transformando esse hiato em ditongo!

A cada raiar do sol, vem a esperança,
De um dia esse amor reencontrar,
Nunca sairás da minha lembrança!

Que esse amor venha na hora certa,
Minha vida irei te entregar,
Meu coração é uma janela aberta!

© SOL Figueiredo - 19/02/2012
Se, com esse soneto, ele não responder
e, com todo amor, seus braços abrir
pra você, dizendo com prazer e a sorrir:
- Te quero, meu Sol, até o amanhecer!

Erga seus olhos e eleve sua auto-estima.
Procure na tela onde antes se via o teu alvo de amor
que, pela janela, passeia com outra, causando-te dor.
Convide a alegria, grite alto e jogue tudo pra cima...

Esse homem não merece esse amor tão bonito
que tens por ele. Que transforma os hiatos em ditongos…

A BUSCA

Imagem
A BUSCA 
Por Paulo Valim  Eu procuro por mim.
Eu procuro por tudo o que é meu e que em mim se esconde. Eu procuro por um saber que ainda não sei, mas que de alguma forma já sabe em mim. Eu sou assim... Processo constante de vir a ser. O que sou e ainda serei são verbos que se conjugam sob áurea de um mistério fascinante. Movimento que não termina porque terminar é o mesmo que deixar de ser. Eu sou o que sou na medida em que me permito ser. E quando não sou é porque o ser não soube escolher.

Chance

Imagem
Leia esse poema AQUI!