As quatro estações


As quatro estações

Ah, como é bom quando chega o inverno!
E eu sinto a minha pele fria
Tocar a sua pele quente, sob a luz da lua,
Que alumia sutilmente a escuridão do nosso leito.
Sim, como é bom quando vem chegando a primavera...
O teu perfume pelos campos plagiado pelas flores
Eu respiro esse cheiro que exala do teu corpo
E, louco, foge para o campo onde as flores o copiam.
Sinta, quão gostosa é a chegada do verão
Tua pele se bronzeia pelo astro generoso
Mas por ti estão ocultas ao generoso sol
Caminhos que não são segredos para mim
Eis que enfim chegou o triste outono,
Trouxe em mãos manhãs acinzentadas
Mas quando acordo ao teu lado, amor da minha vida,
Até as tristes manhas de outono, são eternos momentos de prazer...

Por Paulo Siuves

Postagens mais visitadas deste blog

Denúncias

O período da gravidez é um período mágico

Essa Noite Eu Tomei Você Pra Mim